LOADING

Pós Metálicos para Revestimento Térmico (Ligas Micropulverizadas)


  • Equipamentos

    Equipamento Duraloy

    Equipamento Duraloy Plus

    Equipamento Harris

    Equipamento Mini Spray Jet

    Equipamento Uni Spray Jet

  • Projeção e Fusão Simultânea

    Utiliza uma tocha standart oxi-acetileno com um recipiente alimentador de pó para a chama. Tipicamente usada nos moldes para vidro, pequenas peças e reparação.

    Particularmente ajustável para a reparação de ferro fundido e de peças de máquinas. A projeção dá um suave e denso revestimento com a ligação por difusão ao material base. A taxa de depósito é desde 0,5-2,5 Kg/hora e a espessura de revestimento entre 0,2-12 mm.

    Ligas Projeção e Fusão Simultânea

  • Projeção + Fusão

    O pó é alimentado na chama fixa oxi-acetilénica ou oxi-hidrogénica e projetada para o material base. O material semi fluído forma uma ligação mecânica que quando fundida à peça em trabalho cria uma ligação metalúrgica. A projeção+fusão é ideal para revestimento de componentes cilíndricos executados em rotação. Podem ser utilizadas ligas de elevada dureza e misturas de carboneto de tungsténio. As taxas de depósito são desde 1-9 Kg/hora e a espessura de revestimento entre 0,1-3 mm.

    Ligas Projeção + Fusão

  • Projeção a Frio

    Processo sem fusão do depósito (processo a frio).A liga é projetada sobre a superfície da peça convenientemente preparada, em passes alternados e na espessura desejada, sem ser levada posteriormente à fusão. A temperatura do metal de base nunca ultrapassa os 200ºC. Frequentemente projeta-se primeiro uma liga de reação exotérmica e sobre este depósito um segundo deposito com liga de revestimento anti desgaste. Todos os materiais metálicos empregues pela indústria (com exceção do cobre puro) podem ser revestidos.

    Ligas Projeção a Frio

  • HVOF (High Velocity Oxy-fuel)

    Associa velocidades até 700m/s com temperaturas moderadas. Este processo permite um revestimento muito denso (>99%). As taxas de depósito são superiores a 7 Kg/hora e a espessura de revestimento entre 0,1-2 mm.

    Ligas HVOF

  • PTA (Plasma Transferred Arc)

    Processo de revestimento que pode ser totalmente automatizado, utiliza um feixe combinado de arco/plasma para formar uma diluição limitada do revestimento no material base. Este processo possibilitou uma extensa utilização de aplicações automatizadas de grande volume como revestimento térmico de válvulas de exaustão. As taxas de depósitos superiores a 12 Kg/hora são possíveis e a espessura de revestimento entre 1-6 mm.

    Ligas PTA

  • Revestimento Laser Cladding

    Processo que controla e focaliza o calor, permitindo uma ligação metálica limpa com um mínimo de diluição e uma estrutura de grão fino. As taxas de depósito são superiores a 8 Kg/hora com espessuras de revestimento entre 0,5-3 mm.

    Ligas Revestimento Laser Cladding

top